Spirulina, O que é, Para Que Serve e Seus Benefícios:

O que é a Spirulina?

Spirulina, o que é?

A Spirulina são microalgas verde-azuladas que são parcialmente responsáveis ​​pela produção de oxigênio na atmosfera do planeta, que bilhões de anos atrás permitiu o desenvolvimento das formas de vida originárias do planeta, por este motivo é uma das formas de vida mais antigas da Terra.

A Spirulina é considerada um superalimento e é um dos alimentos mais ricos em nutrientes do planeta.

A Spirulina possui entre 55% e 70% de proteína (mais que carne, frango e soja), 9 aminoácidos essenciais e 10  não essenciais, além de altos níveis de ácido gama-linolênico (GLA), beta-caroteno, ácido linoléico, ácido araquidônico, vitamina B12, ferro, cálcio, fósforo, ácidos nucléicos RNA e DNA, clorofila e ficocianina.

Quais são os Benefícios da Spirulina?

Os benefícios à saúde são quase que imediatos após sua ingestão.

Ele provê energia quase que instantaneamente, contribuindo na melhora da resistência e reduzindo o cansaço. Auxilia a recuperação do sistema imunológico e provê apoio fenomenal para o coração, fígado e rins.

É um desintoxicante natural, oxigenando o sangue e ajudando a limpar o corpo de toxinas e outras impurezas que podem estar causando doenças ou outras complicações de saúde. É um inibidor natural do apetite e ajuda a melhorar o sistema digestivo do corpo.

Possui características antioxidantes bastante poderosas e auxilia a nivelar o ph do corpo, reduzindo a inflamação por todo o corpo de maneira segura e livre de produtos químicos.

Fontes de Spirulina

Spirulina é uma micro alga em forma de espiral que cresce naturalmente em estado selvagem em lagos de água doce e quente. Sua profunda cor azul esverdeada é o que dá à água sua tonalidade esverdeada.

Quais os Efeitos Colaterais da Spirulina?

  1. Ele possui iodo, portanto, aqueles alérgicos ou sensíveis ao iodo devem evitar tomá-lo, assim como as mulheres grávidas ou que estão amamentando e pessoas que sofrem com problemas na tiróide, pois pode interferir na função tiroidiana.
  2. Pessoas com Fenilcetonúria, pois essa alga apresenta fenilalanina, o qual não é metabolizado pelas pessoas que tem esta doença genética.
  3. Pessoas com doenças auto-imunes, pois como a spirulina aumenta a atividade imunológica, pode piorar os sistomas destas doenças.

Quais os Efeitos Colaterais para o Uso Incorreto ou Excessivo da Spirulina?

  • Mal-estar digestivo;
  • Náuseas;
  • Prisão de ventre;
  • Sede;
  • Erupções cutâneas e comichão (nos casos de alergia).

Como a Spirulina pode Ajudá-lo?

Spirulina

1. Modula a resposta imune

A spirulina tem sido reverenciada por sua capacidade de fortalecer o sistema imunológico.

Por promover ativamente a regeneração celular, ajuda a curar as feridas mais rapidamente e faz com que a recuperação de doenças ocorra mais rapidamente.

A spirulina fortalece o sistema imunológico, deixando a pessoa com menor probabilidade de sofrer resfriados, gripes e outras doenças.

2. Ajuda a manter os olhos saudáveis

Spirulina é um excelente complemento para quem procura melhorar sua saúde ocular.

Esta alga verde-azulada é muito rica em vitamina A, sendo assim muito importante para que tenhamos olhos saudáveis.

Por esse motivo, há muito tempo que comer mais cenoura é recomendado para quem procura melhorar a saúde ocular, mas a spirulina na verdade tem 10x a grama de concentração de vitamina A por grama de cenoura.

3. Diminui a inflamação e alivia os sinais da tensão pré-menstrual

A spirulina é uma das principais fontes de ácido gama-linolênico (GLA), um dos mais poderosos agentes anti-inflamatórios da natureza.

O GLA também é particularmente benéfico para as mulheres, pois pode aliviar os sintomas da TPM.

Possui 26x o cálcio do leite, tornando-o um excelente complemento nutricional.

4. Ajuda a melhorar o sistema digestivo

A Spirulina auxilia o trânsito de resíduos através do sistema digestivo, reduzindo portanto o pressão por todo o sistema.

Além disso contribui para a promoção das bactérias saudáveis ​​no sistema digestivo e dá apoio na melhora da absorção de nutrientes da dieta.

A spirulina contém uma quantidade elevada de clorofila, que é um potente desintoxicante.

Demonstrou-se ser eficaz em ajudar a remover toxinas do sangue, tornando-o muito benéfico para aqueles submetidos à terapia radioativa.

Benefícios Adicionais:

A spirulina possui bastante ferro biodisponível, tornando-a benéfica para pessoas com anemia ou gravidez, com risco reduzido de constipação.

 A Spirulina é uma Boa Fonte de:

  • Vitamina B-1 (tiamina),
  • Vitamina B-2 (riboflavina),
  • Vitamina B- 3 (nicotinamida),
  • Vitamina B-6 (piridoxina),
  • Vitamina B-9 (ácido fólico),
  • Vitamina B-12 (cobalamina),
  • Vitamina E
  • Vitamina K1
  • Vitamina K2
  • É também uma fonte de potássio, cromo, cobre, magnésio, manganês, fósforo, selênio e zinco •
  • Possui 4x a capacidade antioxidante dos mirtilos•
  • A uma excelente fonte de proteína.

Como se Deve Tomar a Spirulina?

A spirulina deve ser tomada de acordo com a orientação do médico ou do nutricionista, podendo ser consumida em dose única ou fracionada em 2 a 3 doses ao longo do dia, sendo recomendado o seu uso pelo menos 20 minutos antes das principais refeições (café da manhã, almoço ou jantar).

Qual o Melhor Horário para Tomar  a Spirulina?

Para desintoxicação, prefira tomar em jejum pela manhã, se preferir pode tomá-la com água com limão.

Para dar energia, prefira tomar de 15 a 30min antes das atividades físicas.

Para emagrecer, a sugestão é tomar 30min antes das principais refeições.

Informações Nutricionais

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *